• João Paulo Gregorine

O esporte de alta performance no PCD


Eu sou João Paulo Santiago Gregorine, tenho 21 anos e sou cadeirante. Nasci com uma má-formação congênita chamada mielomeningocele. Na época do meu nascimento, meus pais passaram por muitas dificuldades por falta, principalmente, de informação. Neste início, para eles, foi muito complicado. Aos 10 anos, fui ao Sarah Kubistschek em Brasília, para reabilitação, aprender a fazer atividades diárias sozinho e para exames. Foi aí que a equipe de profissionais indicou que eu começasse a nadar, pois teria potencial até mesmo para ser atleta, principalmente por gostar muito de água. Em 2011, consegui iniciar em um projeto e assim aprender a nadar. Depois de um ano, os treinos começaram a ficar mais intensos e em julho de 2012 participei da primeira competição, onde conquistei três medalhas de ouro, fui convocado para compor a seleção catarinense e competir o Brasileiro escolar paralímpico.

Desde lá se passaram quase 10 anos na vida de atleta paralímpico, muitas competições, treinos, muitas dificuldades, algumas conquistas, mas acima de tudo muito amor pelo que faço.

Agora em 2021, sou atleta paralímpico de natação como citei acima, iniciante no paratriathlon e também acadêmico de direito, no quinto período.

A rotina de um atleta paralímpico é muito cansativa, pois os treinos são intensos, mais de duas horas diárias, os apoios são muito escassos, mas acima disso, tudo é muito recompensador, quando chego em uma competição e consigo atingir minhas metas e buscar a realização de um grande sonho, ser um dos melhores atletas do mundo e participar de uma Paralimpiadas.

Olhando para trás, um longo caminho foi percorrido e nesta jornada os apoios foram a base de tudo. Além dos apoios financeiros é de extrema importância pertencer a uma entidade como o Vida Ativa que traz segurança para a pessoa com deficiência.

As dificuldades das pessoas com deficiência são muitas, entre elas: mobilidade, falta de políticas públicas, inclusão em todas as áreas como saúde, educação, esporte etc.

Mas estamos na luta, como qualquer um outro, buscando meu espaço e novas conquistas.



João Paulo Santiago Gregorine

Contato para Patrocinio para o esporte paralímpico (48) 99681-1534

joaopaulogregorine@outlook.com - Instagram @joaopaulosgregorine


31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo